Marcia Rubim

Marcia Rubim aprendeu a amar os livros desde cedo com o pai, um professor de matemática que possuía uma biblioteca com cerca de 7 mil exemplares. É odontóloga e pós-graduada em odontogeriatria por formação, mas a veia artística nunca a abandonou. Adora cantar no chuveiro e fez cursos de desenho e design de joias. Apaixonada por romances e literatura sobrenatural, estreou como escritora em 2012, ao publicar o primeiro livro da série de mesmo título, Adeus à Humanidade, e posteriormente a sequência, Quando a Humanidade Prevalece.É uma das idealizadoras do projeto Entre Linhas e Letras, que tem por objetivo estimular nos jovens estudantes de escolas públicas e particulares de todo o país a paixão pela leitura.Marcia mora em Niterói com a família e seu cachorrinho Herói. Pátria Chamada Amor

A grande obstinação do capitão Christiano Vicenzo é chegar ao topo máximo da carreira, ou seja, ao generalato do Exército. Para alcançar a sua meta, precisa manter uma vida pessoal e profissional irretocável.

Tudo começa a mudar quando ele serve em Niterói e conhece Nina, uma jovem com problemas sociais que ultrapassam – e muito – o que ele idealiza como protótipo de par perfeito. Fascinado pela garota, o militar decide arriscar no relacionamento, mas não imagina que, ao ser convocado para integrar a Missão de Paz no Haiti (MINUSTAH), terá sua história ao lado de Nina tragicamente desviada.

Inconformado com os caminhos que o destino escreveu para si, Christiano vai descobrir com o tempo que a maior batalha na reconquista do amor perdido talvez seja enfrentar as mágoas do passado e que a felicidade não segue regulamentos.

Um romance sensível e resistente ao tempo, que mostra que até mesmo para servir com dignidade à pátria é preciso que a pessoa por trás da farda esteja em paz com o coração.

Original disponível


Maneki-Neko

Manuscrito cheio de good vibes.

Mas não para Madelon, cuja vida é uma eterna maré de azar.
Azar no jogo, azar no amor, azar na família. Essa é a rotina de Mah, que teve seus maiores sonhos, como o de viajar para o exterior, barrados por sua inegável falta de sorte.
Mas quando ela inesperadamente ganha um Maneko-Neko de sua mãe, parece que as coisas finalmente vão mudar. Premiada com um incrível cruzeiro em um navio dos sonhos, ela embarca em uma jornada de redescoberta ao lado de suas grandes amigas, e o que prometia ser um período sabático para redescobrir a mulher que existe dentro dela, torna-se uma aventura romântica lotada de vilões e mocinhos.
Original disponível

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *