Walter Tierno

Walter

Walter Tierno trabalhou como publicitário por quase 20 anos. Um dia, resolveu que seu prazo de validade na profissão havia expirado e resolveu se dedicar somente à escrita. Isso foi em 2011. Um pouco antes, viveu sua primeira aventura como autor em 2000, com uma história em quadrinhos chamada Curtan, que publicou com recursos próprios. Um merecido e assumido fiasco.

Em 2002, para exorcizar a frustração, criou Cira. Utilizando história e mitologia brasileiras, e influenciado pelas obras de Tolkien e Robert E. Howard, escreveu e publicou “Cira e o Velho” em 2010. Seu segundo livro, “Anardeus, no calor da destruição”, foi publicado em 2013. Também tem um conto publicado na coletânea “Amor Lobo”. Os três livros foram lançados pela Giz Editorial, onde, atualmente, presta serviços como editor.

Site | Youtube | Blog | Facebook | Twitter

como_tatuagem_1467729811594843sk1467729811bComo Tatuagem – Verus – 2016

Artur é um cara rico, superficial e egoísta. Bonito e popular entre as mulheres, não tem o menor respeito por elas — sua vida amorosa se resume a colecionar parceiras na cama.

Essa rotina de prazeres e privilégios é interrompida quando ele sofre um grave acidente de carro. Para ajudá-lo a se recuperar, sua mãe contrata a fisioterapeuta Lúcia.

Desde criança, Lúcia sofre o preconceito que persegue os portadores de vitiligo. Sua mãe sempre esteve presente para apoiá-la e fazê-la enfrentar os obstáculos que a vida lhe impõe. De temperamento doce, porém decidido, Lúcia tem uma consciência peculiar e aguda sobre o mundo. Mas, quando se vê sem o amparo materno, suas certezas desabam.

O encontro de duas pessoas tão diferentes vai gerar muito atrito, mas com o tempo Lúcia e Artur vão descobrir algumas das infinitas facetas do amor e, entre conquistas, medos, perdas e paixões, verão suas vidas transformadas para sempre.

 

“Adorei a leitura do começo ao fim. Cada página, cada palavra. Romance do jeito que eu gosto. Sem frescura. Viciante. Mas já aviso que quando a leitura termina, só fica um buraco, um vazio. Vou sentir falta do Artur e da Lucia.” Blog Tô Pensando em ler

“Gostei tanto do livro que tenho tantos quotes selecionados, que pensei se não seria legal fazer uma resenha só deles (…) Com certeza um dos melhores livros que li em 2016 (…).

(…) nem só de autores internacionais se fazem as boas histórias, temos uma aqui Made In Brasil com todos os toques que gostamos nos livros queridinhos dessa editora.” Blog Notas Literárias